Bookstagrammers - Os influencers da literatura



"Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades" e, no mundo das redes sociais, querem-se sempre as últimas novidades. É verdade que não há nada como folhear e sentir o cheiro de um livro novo, mas será que a literatura não tem mesmo um lugar no mundo digital? E não, não estou a falar de e-books.


Desengane-se quem acha que, com esta coisa da Internet, os livros impressos têm os dias contados ou até que, nesta geração dos millenials, "já só querem saber do Facebook e do Instagram, já ninguém lê". Dizia Lavoisier que, na vida, tudo se transforma e Camões rematava: "tomando sempre novas qualidades".


A geração dos smartphones e dos influencers estão a trazer o bichinho da leitura de volta. E, desta vez, regressa com um novo visual: o Bookstagram.





O que é um Bookstagram?


É simples. É um perfil de Instagram totalmente dedicado aos livros. Na era dos likes e dos feeds estéticos a invadir os nossos ecrãs, esta plataforma tornou-se um verdadeiro clube do livro digital.


Predominantemente com idades entre os 16 e os 30 anos, estes influenciadores literários fazem a sua crítica/review do livro que estão a ler, apostando fortemente na criatividade visual. Seja através da composição fotográfica ou por meio da manipulação de imagem, a literatura transforma-se numa verdadeira obra de arte e os livros são o centro das atenções.


Macro ou microinfluenciadores, os Bookstagrammers têm uma elevada interação nos seus perfis, fomentando uma interessante troca de ideias e sugestões através dos comentários. E é por isso que se têm tornado cada vez mais relevantes no mercado da literatura.



E qual é o papel dos Bookstagrammers na comunidade literária?


Este novo formato de promoção do gosto pela leitura tem vindo a crescer, tanto a nível de seguidores como de impacto. Com o desenvolvimento desta comunidade, novos leitores vão surgindo todos os dias e reaviva-se uma paixão que permanecia em lume brando.

Para além disso, com o marketing do mundo literário a reinventar-se, os Bookstagrammers têm vindo a conquistar grupos editoriais e grandes livrarias, pela sua credibilidade perante o público. É por isso que estas reconhecidas marcas no mercado os convidam a promover as suas plataformas online.


Como? Tornando-se afiliados. Como afiliados, estes embaixadores da literatura recebem uma comissão sobre o valor de encomendas realizadas com o seu código ou através do seu link de afiliado.


Numa troca em que ambos os lados ficam a ganhar, conseguimos perceber o real impacto que a partilha de opiniões no Instagram pode ter na comunidade literária.


O Bookstagram torna-se, assim, num autêntico clube do livro digital, acessível a partir de qualquer parte do mundo. Uma comunidade virtual, unida por um amor em comum.


E importa perguntar: Até que ponto o papel dos Bookstagrammers na promoção de novos autores e/ou livrarias independentes não poderia revolucionar a sustentabilidade dos pequenos negócios, nestes tempos em que vivemos?


Partilha a tua opinião nos comentários e subscreve a newsletter para receberes mais artigos como este, diretamente no teu e-mail.

88 visualizações

©2018 by Margarida Porto. Proudly created with Wix.com